Site da rede
Artistasgauchos.com.br
artistasgauchos.com.br

Currículo

Nasceu em 15 de fevereiro de 1968 na cidade de Köln na Alemanha.

Sua iniciação musical começou em casa, com sua mãe Marlene Babot Alzaibar, que é pianista.

Já no Brasil, em 1979, estudou ballet clássico com Salma Chemale e Suzana Kalil. Na Escola Estadual Presidente Costa Silva aprendeu flauta doce com os professores de música Ídia Ortigara e Paulo Schneider. Destacou-se na banda da escola tocando além da flauta, a lira e a escaleta. Participou, neste mesmo período, de um grupo de música folclo-nativista onde cantava e tocava.
 

Iniciou sua trajetória como coralista no Coro do CIBAI. A seguir, ingressou no Coro da UFRGS com o qual participou de diversos Festivais de Coros. Na seqüência, foi integrante do Coro da OSPA. Ainda como coralista, participou das óperas La Bohème, de Puccini, Così fan tutte, de Mozart e Amahl e a noite misteriosa, de Menotti.

No início dos anos 90, ingressou na Escola de Música da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (atual Conservatório Pablo Kómlos) onde estudou com a professora Lory Keller e, em 2000, formou-se Bacharel em Canto na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).  Atuando há quase 30 anos no Estado, destacou-se como solista em montagens com elencos nacionais e internacionais de óperas como A Flauta Mágica, de Mozart, Cavalleria Rusticana, de Mascagni e Turandot, de Puccini. Além de obras como Fantasia Coral, de Beethoven, Laudate Dominum e Regina Coeli, de Mozart, Stabat Mater, de Pergolesi, Liebeslieder e Neue Liebeslieder, de Brahms e Cantata N° 80, de Bach.

Lecionou no Colégio Maria Imaculada e no Colégio de Aplicação da UFRGS.

Em 1999, lançou seu 1° Cd entitulado "Melodias Populares", com patrocínio do Fundo de incentivo à arte da Prefeitura de Porto Alegre (FUMPROARTE).

Apresentou-se sob a batuta dos principais maestros do Estado entre os quais destacam-se: Eleazar de Carvalho, Luís Aguiar (BH), Isaac Karabtchevsky, Cláudio Ribeiro, Túlio Belardi, Ernani Aguiar, Manfredo Schmiedt, Antônio Carlos Cunha, Fredi Gerling, Lúcia Teixeira, João Paulo Sefrin, Leo Fuhr, entre outros. Cantou também sob regência do maestro Mark Cedel dos EUA, em Vale Vêneto (Santa Maria - Rio Grande do Sul).

Participou de diversas oficinas de canto e masterclass no Estado e em Curitiba (Paraná), dos quais destacam-se os mestres Maria Venuti (Alemanha), Neyde Thomas e Rio Novelo (Curitiba), Roy Samuelsen (EUA), Uwe Paul Lohse (Alemanha), Martha Herr (São Paulo), Mayumi Kamey (Japão), Lício Bruno (SP), Luisa Gianinni (Itália), Carlo Colombara (Itália) e outros.

No ano de 2003 foi a terceira colocada no "Concurso de Canto Decápolis de Andrade", promovido pela OSUCS (Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul), tendo recebido o prêmio de menção honrosa.

Foi professora de técnica vocal e/ou preparadora de naipes em diversos coros adultos e infanto-juvenis, dos quais destacam-se: o Coro do Centro ítalo-brasileiro de assistência ao imigrante (CIBAI), Mater Dei, Coro da Construtora Sultepa, Coro da Associação médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Integração, Cantábile e Coro da Fundação de Arte de Montenegro (FUNDARTE).

Ajudou a fundar o Coro da Associação Cultural Italiana do Rio Grande do Sul (atual Coral Ítalo-Brasileiro do RS) e trabalhou 9 anos como ensaiadora de naipes no Coro da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) com a maestrina Gília Gerling.

Nos anos de 1999 e 2006, lecionou como professora de canto na Fundação de Arte de Montenegro (FUNDARTE). 

Participou também como jurada do concurso "Oscar della Musica - La musica nel Mondo" à convite da Associação Cultural Italiana do Rio grande do Sul (ACIRS).

Foram seus professores de canto: Myrtes Landes, Lory Keller, Mazias de Oliveira, Sílvia Carvalho, Laura de Souza, Lídia Belardi, Decápolis de Andrade e Ida Weisfeld.

Apresentou-se com diversos violonistas dos quais destacam-se Marcus Bonilla, Eduardo Castañera e Leandro Spencer e os pianistas Hubertus Hofmann, Giovani Porzio, Marlene Alzaibar, Jaqueline Vita, Elda Pires e Luciano Prati.

Foi membro integrante do trio Elegance, com os músicos Velytchka Filipova (viola e violino) e Filip Filipov (teclado e cello).

Foi convidada, diversas vezes, pelo Consulado da França e pela Aliança Francesa para participar de seus eventos e comemorações.

De 2009 a 2011, foi Conselheira e secretária do Conselho Municipal de Cultura, representando o Sindicato dos Músicos Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDIMUS/RS). 

Atualmente, dedica-se à pesquisa, leciona canto lírico e técnica vocal. Eventualmente ministra masterclass de Canto Lírico no interior e em Porto Alegre, onde reside.